Stone bearing coat of arms of the City of Lisbon

 

1360

Lioz limestone

Dimensions: 500 x 695 mm

Origin: Chafariz de Arroios (Arroios fountain)

MC.ESC.415

Palácio Pimenta

O Chafariz de Arroios construído em 1360 exibe as armas do Reino e as armas de Lisboa. As primeiras são constituídas pelo escudo com as cinco quinas, alusivas às chagas de Cristo, e pelos castelos, representativos das fortalezas tomadas aos mouros. As últimas, inspiradas na lenda de São Vicente, padroeiro da cidade, simbolizam a barca que transportou o corpo do mártir desde o Cabo de Sagres até Lisboa, bem como os dois corvos que o acompanharam durante a viagem, um à proa e outro à popa.

Até meados do séc. XVI, Lisboa era uma cidade sem problemas no recurso ao abastecimento de água. Aproveitando lençóis freáticos e nascentes, diversos chafarizes públicos foram edificados, uns dentro da cidade, outros fora de portas, como o Chafariz de Arroios ou o Chafariz do Andaluz, ambos construídos no séc. XIV por ordem régia. 

A população abastecia-se também em poços públicos existentes em diferentes pontos da cidade, como o do Borratém, o da Foteia, o Poço dos Mouros, os quatro poços da Rua Nova ou os outros três da zona de Cata-que-Farás. De acordo com João Brandão era ainda comum o recurso a poços particulares, onde as águas eram vendidas.