Rococo panel of wall tiles with Our Lady of Penha de França and Christ during two moments of the Passion

Rococo panel of wall tiles with Our Lady of Penha de França and Christ during two moments of the Passion

Lisbon

1756

Faience

Dimensions: 2880 x 1640 mm

Origin: Travessa do Calado, 2 (antiga Quinta do Alperche)

MC.AZU.12

Palácio Pimenta

O culto mariano à Senhora da Penha de França, muito popular entre os lisboetas, remonta a finais de Quinhentos, tornando-se bastante mais vincada após o Terramoto de 1755. Tal invocação da Virgem, a quem os mareantes recorriam face aos perigos do oceano, era considerada também protetora por excelência da cidade, que defendia contra todo o tipo de malefícios, sendo particularmente invocada contra pestes e terramotos. Neste registo, a legenda na cartela é sugestiva de uma destas preocupações:

Em o 1º de novembro do ano de 1755 Sábado dia de Todos-os-Santos pelas nove horas e meia houve o grande terramoto em Lisboa em que se destruíram os templos e toda a cidade e no Domingo que se contam 2 do mês pela manhã veio Nossa Senhora da Penha da sua Igreja por causa da ruína que nela houve e se colocou no mirante desta quinta a donde esteve vários dias orando pelos pecadores e depois se lhe fez sua Ermida a donde esteve sempre com grande assistência dos seus religiosos e com extrema veneração de todo o povo cristão e daqui foi em 2 de julho 1756 com grande solenidade e pompa para a sua Igreja nova a donde hoje se venera e adora como sempre.

Na década de 80 do séc. XX, por motivos de preservação o registo foi substituído por uma cópia, sendo o original transferido para o Museu de Lisboa – Palácio Pimenta.