Festa das Palavras no Museu de Lisboa
19 Set 2020 a 20 Set 2020

Sustentabilidade e Futuro são os temas em destaque na 4.ª edição da Festa das Palavras, uma iniciativa do Museu de Lisboa que se associa à distinção de Lisboa como Capital Verde Europeia 2020. Com as palavras como protagonistas, nos dias 19 e 20 de setembro, a programação inclui visitas, jogos, oficinas, percursos, teatro de marionetas, dança. Tudo com muitas histórias para contar.

E como as histórias têm muitas palavras dentro, pedimos ajuda a três profissionais para que não escape uma única: Rodolfo Castro, António Fontinha e Ana Laje aceitaram o convite e estão garantidos momentos surpreendentes, seja pelas histórias que nos trazem, seja pela forma como as contam.

Dois espetáculos vão propor novos olhares sobre a Mensagem, de Fernando Pessoa, e sobre O Canteiro dos Livros, de José Jorge Letria. Fernando Pessoa(s) é um espetáculo-leitura encenada, apresentada pelo coletivo teatral Estórias com Asas, no qual se cruzam a literatura e o teatro. Com este espetáculo-leitura encenada, redescobre-se a Mensagem num permanente diálogo com os nossos dias. Através da obra pessoana, do diálogo entre heterónimos, de cartas de amor parte-se para uma reflexão sobre a inquietação, o inconformismo, o sonho e a realidade, o amor, a busca e a mudança, temas tão próprios da condição humana e tão presentes na obra de Pessoa.

Numa adaptação do conto homónimo de José Jorge Letria, O Canteiro dos Livros é um espetáculo de marionetas desenvolvido pelo grupo Valdevinos e conta a relação de cumplicidade e mistério, que se transforma num segredo bem guardado, entre um menino, o Francisco, e um canteiro, no qual, para além de flores, nascem… livros.

Um percurso que conta histórias da Lisboa quinhentista, visitas-jogo e visitas-oficinas pensadas especialmente para famílias completam a programação que, nos dias 19 e 20 de setembro, se realizam em quatro dos cinco núcleos do Museu de Lisboa – Palácio Pimenta, Casa dos Bicos, Santo António e Teatro Romano.

Informações úteis
Para maiores de 4 anos
Bilhete diário: 3,00 euros
Passe para fim de semana: 5,00 euros
Entrada gratuita até aos 12 anos
Mais informações: servicoeducativo@museudelisboa.pt │217 513 256


Programa detalhado

Dia 19 de setembro

Teatro Romano
11H - A escrita romana
Um alfabeto com 21 letras?! O que aconteceu ao K, ao Y ou ao Z? E as vírgulas? Para percebermos como os Romanos escreviam, os muros do Teatro Romano serão lidos com toda a atenção.

14H30 - Rodolfo Castro – Contador de histórias

16H - Deuses Romanos em Órbita
Todos os deuses romanos têm a sua história e alguns dão nome aos planetas do sistema solar. Nesta visita-oficina, descobrimos mais sobre estes deuses e construímos um móbil, reciclando materiais.


Casa dos Bicos
11H – 17H - Jogo de letras
O que têm em comum estas palavras: amor, oram, mora ou Roma? São um anagrama, ou seja, as mesmas letras formam palavras diferentes quando as mudamos de posição. Nesta visita-jogo, descobrimos um quebra-cabeças latino e brincamos com as letras e palavras.

15H30 - À volta da Casa dos Bicos
Neste percurso à volta da Casa dos Bicos, vamos saber mais histórias da construção da Casa e das escavações arqueológicas no interior e explorar as ruas à sua volta.
> 12 anos

Santo António
14H30 - Dois irmãos franciscanos
O que há de comum entre os dois irmãos franciscanos, António e Francisco? Para além dos milagres e da proteção da «irmã» natureza, nesta visita orientada desvendamos histórias sobre estes dois franciscanos.

15H30 - Scriptorium ou a escrita medieval
Com a ajuda de alguns materiais e instrumentos, nesta visita-oficina, revelamos como se escrevia nos tempos de Santo António. Será que seria muito diferente da escrita de hoje? O que é um códice? E uma iluminura? Uma atividade para ser um monge copista por um dia e desembrulhar muitas histórias.

16H30 - Fernando Pessoas(s)
Espetáculo-leitura do coletivo Estórias com Asas, a partir da Mensagem e de outros textos de Fernando Pessoa. Uma reflexão sobre inquietação, inconformismo, sonho e realidade, amor, busca e mudança, temas tão próprios da condição humana e tão presentes na obra de Pessoa.

17H30
Rodolfo Castro – Contador de histórias

Dia 20 de setembro

Palácio Pimenta – Jardins
10H30 - Biodiversidade na cidade
Nos Jardins do Museu de Lisboa - Palácio Pimenta há muitas espécies de plantas e de animais para descobrirmos nesta visita-oficina. Árvores, arbustos, flores, ervas, pássaros, aves, insetos… De caderno e lápis na mão, recolhendo testemunhos da natureza, exploramos, em conjunto, a variedade de formas, cores e texturas presentes bem no coração da cidade.

11H00
Ana Lage – Contadora de histórias

11H30 - Que palavras colho nas hortas?
A horta tem muitas coisas escondidas, até o “h” que se escreve e não se ouve. Há palavras na horta que são para semear, comer, brincar e também para escrever. Nesta visita-oficina há tempo para ouvir uma história e colher palavras.

12H - António Fontinha – Contador de histórias

14H30 - Imagina, esmaga e pinta
De onde vem a tinta? Como é que Dirk Stoop, autor de uma emblemática peça do Museu, obteve as suas tintas? Nesta visita-oficina, vamos saber mais sobre a cor e a evolução das técnicas de produção artística e demonstrar que este processo já foi bem mais complexo.

15H - Lá vai água
Nesta visita-jogo, abordamos a temática da água nas suas múltiplas dimensões. Um dominó e a visita associada ajudam-nos refletir sobre a utilização deste bem comum, tão precioso para todos.

15H30
Ana Lage – Contadora de histórias

16H00 - António Fontinha – Contador de histórias

16H30 - O Canteiro dos Livros
Valdevinos - Teatro de Marionetas apresenta a adaptação do conto homónimo de José Jorge Letria. O Canteiro dos Livros conta a relação de cumplicidade e mistério, que se transforma num segredo bem guardado, entre um menino e um canteiro no qual, para além de flores, nascem livros.

17h30 – Conversa com um escritor (a anunciar)