Fragmentos de Cor. Azulejos do Museu de Lisboa
03 Jun 2016 a 18 Dez 2016
Exposição temporária

Elemento identitário de Lisboa, o azulejo é um verdadeiro cartão de visita de uma cidade que foi um importante centro de produção e consumo deste tipo de material cerâmico ao longo dos tempos. 

O Museu de Lisboa dispõe de uma vasta coleção de azulejaria que, pelo número, variedade e qualidade dos exemplares, se afirma como uma das mais importantes do país, constituída, sobretudo, por azulejos provenientes  de edifícios demolidos ou remodelados, de  prédios em ruínas ou de intervenções arqueológicas

Tendo por objetivo dar a conhecer tão importante acervo, a presente exposição, comissariada por José Meco, um dos mais reputados especialistas nesta área, procura mostrar alguns dos melhores exemplares da coleção do Museu de Lisboa numa perspectiva diacrónica, desde o século XVI até à atualidade, exibindo exemplares, tanto de interior como de exterior, representativos de diferentes estilos e funcionalidades.    

Fonte inesgotável de criação e recriação, o azulejo continua a dar o mote, nos dias de hoje, para  manifestações artísticas diversificadas, como o design de moda e a arte urbana, assistindo-se também à sua reinvenção em painéis e fachadas, muitas vezes integrados em projetos de arquitetura.

Um vídeo realizado para a exposição permite mostrar várias expressões criativas, onde a cor, o brilho e a luz dos azulejos constituem um permanente foco de sedução.