Medeia no regresso do teatro clássico ao Teatro Romano
02 Set 2020 a 20 Set 2020

O Museu de Lisboa - Teatro Romano volta a apresentar teatro clássico no palco mais antigo de Portugal. De 2 a 20 de setembro, de quarta a domingo, o sítio arqueológico do Teatro Romano recebe a peça Medeia, numa adaptação de Beto Coville, da Teatro Livre.

«Esta Medeia não é só sobre uma mulher louca que mata os filhos. Coloquei o foco na situação e nas razões que a levaram à loucura, no percurso que a levou a cometer um ato tão desesperado e condenável como matar os filhos», revela o encenador.

Apesar de o ponto de partida ser a peça de Eurípides, dramaturgo grego do séc. V a.C., «este é um tema que continua tão atual como quando foi escrito», salienta Beto Coville, lembrando notícias de casos recentes em Portugal de mulheres que afogaram ou envenenaram os filhos.

«A sociedade atual continua machista e esta peça leva-nos a pensar a forma como o comportamento feminino continua a ser facilmente julgado», destaca o encenador, lembrando que a protagonista desta peça é «uma mulher capaz de sacrificar tudo o que tem em nome de uma paixão desmesurada, mas também capaz de praticar as mesmas ações para recuperar uma dignidade perdida».

É com este clássico da dramaturgia grega, com mais de 2500 anos, que o Teatro Romano de Lisboa celebra a sua função original. «Abrir o teatro ao público, dá-lo a conhecer e resgatar a sua verdadeira vocação é o objetivo da nova vida que o Museu de Lisboa - Teatro Romano preconiza para a salvaguarda do património a que é dedicado», refere Lídia Fernandes, coordenadora do Museu de Lisboa - Teatro Romano.

Os vestígios do teatro localizam-se entre as atuais ruas de São Mamede e da Saudade. Edificado nos inícios do séc. I d.C., as estruturas arqueológicas permanecem, ainda hoje, sob os nossos pés. A área que se encontra visível abrange cerca de 1000 m² e coincide com a parte central do monumento, concretamente com uma das entradas monumentais (aditus maximus); parte da orchestra (área semicircular onde se sentaria a elite citadina); zona inferior ao palco (hyposcaenium) e parte das bancadas (cavea).

É com o intuito de divulgar estes patrimónios histórico e arqueológico, único em território nacional, que o Museu de Lisboa - Teatro Romano promove a apresentação de peças de teatro de autores clássicos, gregos e latinos no interior do antigo monumento cénico.

 

Medeia
Museu de Lisboa - Teatro Romano
2 a 20 de setembro
De quarta a domingo, às 21H30
Maiores de 12 anos
Uma coprodução Museu de Lisboa - Teatro Romano e Teatro Livre

Bilhetes 6 €: Blueticket.pt ou teatroromano@museudelisboa.pt 215 818 530


Ficha Técnica

Adaptação e direção - Beto Coville
Atores - Beto Coville, Carla Chambel, Eurico Lopes, Helena Veloso, Inês Oneto, João Araújo, Luísa Ortigoso, Sofia Brito
Música - Davide Zaccaria
Desenho de luz - Pedro Santos
Assistente de encenação e coreografia aérea - Anaísa Raquel
Joalharia e figurinos - Valentim Quaresma
Fotografia - É Diferente/Fotografia
Vídeo promocional - Nuno Gervásio

Coprodução: Museu de Lisboa - Teatro Romano e Teatro Livre