Quando Lisboa Treme. De 1755 à Cidade Resiliente
01 Nov 2015 a 01 Mar 2016
Exposição temporária

Uma iniciativa da Câmara Municipal de Lisboa, em parceria com o Instituto D. Luiz, Instituto Português do Mar e da Atmosfera e o Instituto Superior Técnico, para assinalar os 260 anos do Terramoto de 1755 e que procurou abordar os fenómenos sismológicos em Lisboa ao longo dos anos. A catástrofe foi o mote para promover um maior conhecimento sobre as características associadas a este tipo de fenómenos e sobre as respostas na atualidade, consciencializar os riscos de habitar numa cidade sísmica e a inerente necessidade de prevenção.

O terramoto de 1 de novembro de 1755, o mais marcante pelo impacto e o que mais presente se mantém na memória coletiva dos portugueses, provocou a destruição da parte significativa da capital e é considerado o maior sismo documentado da história da Europa.

Uma plataforma sísmica interativa, maquetas de edifícios, bombas de água do séc. XVIII, gravuras sobre o terramoto, documentários e vídeo jogos, equipamentos de mediação de sismos e ilustração das atividades da Proteção Civil e do Destacamento de Intervenção em Catástrofes, do Regimento de Sapadores Bombeiros (RSB), foram alguns dos materiais que a compuseram.