Andor de Santo António

1985

Armando Dias

Grupo cerâmico em barro vermelho

Dimensões: A 350 X L 250mm

MA.CER.70

Santo António

Grupo escultórico em barro vermelho cozido e envernizado representando um Andor de Santo António. O Santo é transportado por quatro meninos de coro e segura na mão esquerda a cruz e na direita o livro e a haste florida. Os meninos seguram também na mão direita a haste florida. 

Originalmente, a procissão de Santo António saía do Convento de S. Francisco da Cidade (atual edifício das Belas Artes no Chiado) até à igreja de Santo António. Integrava 13 andores, entre os quais a imagem de Nossa Senhora, S. Francisco de Assis, Santo António e dois santos negros. Com a extinção das ordens religiosas em 1834, a procissão deixa de se realizar, sendo retomada apenas nos anos 1950, limitada à volta da igreja de Santo António. A partir de 1982 o cortejo passa percorrer o atual percurso no bairro de Alfama.