Ânfora

Séc. III/V d.C.

Cerâmica comum

Dimensões: 760 x 270 mm

Proveniência: Beco dos Armazéns do Vinho

Ano de ingresso: 1967

MC.ARQ.1

Palácio Pimenta

Ânfora em barro vermelho produzida nas olarias do Estuário do Vale do Tejo e destinada ao envase de produtos de origem piscícola para a exportação à distância.

Na zona baixa da cidade, perto do rio, têm sido encontrados conjuntos de cetárias pertencentes a indústrias de conservas de pescado. Esta produção constituiu uma das principais atividades da fachada atlântica da antiga Lusitânia, na qual Lisboa desempenhava um papel de primeiro plano.