Ex-voto a Nossa Senhora da Estrela

Autor desconhecido

Séc. XVIII (2ª metade)

Óleo s/ tela

Dimensões: 630 mm X 800 mm

MC.PIN.269

Palácio Pimenta

Representação cenográfica da devastação provocada pelo Terramoto de 1755. No meio das ruínas, vários homens retiram uma criança que ficou presa nos escombros.

A cena é testemunhada pela imagem de Nossa Senhora da Estrela, com o Menino ao colo, numa nuvem, e identificada pela existência de uma estrela luminosa, brilhando sobre a sua mão direita. Por baixo, uma inscrição relata o miraculoso feito.

O Terramoto do dia 1 de Novembro de 1755, dia de Todos os Santos, ocorreu por volta das 9:30 da manhã,  tendo sido acompanhado de um maremoto e de um devastador incêndio que durou vários dias, provocando a destruição de parte da cidade, com especial incidência na zona da Baixa. 

Entendido como um castigo divino, o Terramoto catapulta Lisboa para tema nas principais cortes europeias, constituindo um ponto de viragem determinante no pensamento filosófico da época. O otimismo que dominou a primeira metade do século XVIII, é posto em causa por pensadores como Rousseau, Kant e Voltaire.