Mártir São Vicente

Autor desconhecido

Séc. XVI

Pedra de Ançã policromada

Dimensões: 480 x 145 x 170 mm

MC.ESC.290

Palácio Pimenta

Diácono do Bispado de Saragoça, São Vicente foi martirizado em 304 no decorrer das perseguições aos cristãos, realizadas no tempo do Imperador Diocleciano. Segundo a lenda, após vicissitudes várias, os seus restos mortais acabariam por ser sepultados no Cabo de Sagres, mais tarde designado por cabo de São Vicente. 

D. Afonso Henriques (1143 – 1185) primeiro rei de Portugal, mandou trazer para Lisboa o corpo do santo. Durante a viagem por mar, a barca terá sido acompanhada por dois corvos, um à popa e outro à proa. As relíquias foram depositadas na Igreja de Santa Justa em 15 de setembro de 1173 e trasladadas no dia seguinte para a capela-mor da Igreja de Santa Maria Maior (Sé). O mártir torna-se, então, padroeiro da cidade.