Painel de azulejos enxaquetados

Produção do sul de Espanha (?)

Séc. XVII - Séc. XVIII (1ª metade)

Composição esmaltada

Proveniência: Teatro Romano (intervenção arqueológica de 2010)

Teatro Romano

Os azulejos que aqui se apresentam encontram-se, a par de outros, em exposição no Museu de Lisboa – Teatro Romano.

São alguns dos muitos exemplares recolhidos nas várias campanhas arqueológicas realizadas no interior do museu em contextos habitacionais do séc. XVII. 

Foi possível reconstituir este painel pelo facto de alguns destes azulejos terem sido recolhidos ainda com parte da alvenaria da parede. Devem ter revestido algumas das paredes dos pisos habitacionais daquela casa, identificada na zona subjacente à atual receção do museu. 

A presença destes exemplares, provavelmente produzidos no sul de Espanha, indicam um nível económico bastante elevado. Se aliarmos a este facto o aparecimento de pequenas peças metálicas pertencentes a  algum mobiliário, também de importação, permite-nos delinear um padrão económico burguês para os habitantes desta casa do séc. XVII e dos inícios da seguinte centúria e que foi destruída pelo terremoto de 1755.