Saltar para o conteúdo

Lisboa (1923-1925). Desordem e cerco à democracia

14 mar 202418h – 19h30

Conversa com Eunice Relvas

Entrada livre, sujeita à lotação do espaço

+ 10 anos · 90 minutos

Abordagem dos factos políticos mais marcantes de Lisboa na Primeira República, com especial destaque para o período temporal do mandato presidencial de Teixeira Gomes, de outubro de 1923 a dezembro de 1925, numa conversa com Eunice Relvas, Gabinete de Estudos Olisiponenses e Pólo História, Territórios e Comunidades da NOVA FCSH.

O ambiente de forte instabilidade política e social vivenciado na capital durante estes anos traduziu-se numa bipolarização radical (esquerda e direita) contra o governo, num prenúncio do final do regime republicano. 

Exaurira-se a esperança messiânica numa República democrática?

 

Legenda a imagem
Aclamação como presidente da República na varanda do Palácio de Belém
Autor desconhecido
05 de outubro de 1923
Fotografia
Centro Português de Fotografia

14 MAR_Lisboa. Desordem e cerco à democracia_©Centro Português de Fotografia.jpg

© Centro Português de Fotografia

Longe da Vista